Projeto | Depoimentos | Aprovados no ITA |
Depoimento de Dimitri A. Scripnic, aprovado no ITA 2015
Qui, 08 de Janeiro de 2015 13:16
Sou Dimitri Assumpção Scripnic, sou de São Paulo e passei no ITA 2015. Passei direto do terceiro, e estudei no Colégio Bandeirantes. 
No decorrer da minha história, eu me apaixonava pelo ITA cada vez mais, à medida que ia conhecendo mais sobre esse instituto incrível. Inicialmente, o que me levou a estudar para esse vestibular de alto nível foi o desafio que ele oferecia, uma vez que eu sempre tive afinidade pelas ciências exatas. Desse modo, já no primeiro ano do Ensino Médio eu pleiteei a entrada na turma ITA que o próprio colégio oferecia. Eu consegui entrar e estava animado para começar a estudar para valer em 2013 e 2014. No início, o curso extracurricular era atendido por pouco mais que 20 alunos, nada comparável com os cursinhos de nome, já que o foco do colégio não eram as instituições militares. Muitas pessoas tentaram me desmotivar, dizendo que era muito difícil para passar, e os meus colegas de curso foram desistindo, sobrando apenas eu e mais 3 no final de 2014. Todavia, dou graças a Deus por ter recebido apoio dos meus professores, familia e amigos para continuar lutando por esse sonho. Essas foram as linhas gerais, agora contarei como foi essa jornada.
Eu irei enfatizar no decorrer de todo esse depoimento de quão fundamental foi manter uma vida equilibrada nessa empreitada. Apesar de meus estudos para o ITA haverem iniciado em 2013, a preparação já havia começado no 9o ano, eu apenas não sabia. Antes dessa época, eu era muito sedentário, apenas estudava, e meu desempenho escolar era bem mediano. Foi então que comecei a praticar o kung fu, que literalmente significa habilidade adquirida através do trabalho duro. Eu cresci muito como pessoa por causa disso, e devo minha conquista a ter aprendido a almejar ser kung fu nos estudos e no ambiente acadêmico também, além de haver desenvolvido um bem estar físico muito grande. Foram desenvolvidas virtudes essenciais, tais como paciência, disciplina, perseverança, respeito, que eu acredito que devem ser inerentes a qualquer iteano e futuro iteano.
Assim, quando ingressei na turma ITA bandeirantina, os estudos em casa eram limitados devido à atividades extracurriculares e aos treinos toda noite. Mas todas essas atividades, música, iniciação científica e kung fu, por exemplo, proporcionavam um desenvolvimento mental mais amplo e garantiam que os estudos, apesar de sua quantidade reduzida, tivessem uma qualidade muito maior. Por isso, por favor, não abram mão de suas vidas para estudar, vocês só se prejudicam com isso. Claro que não é pra chutar o balde e estudar 1h por dia, meu ponto é: deixem tempo para outras atividades, lazer, e para dormir. Estar com a mente sana e bem descansada é fundamental para uma boa prova.
O embasamento era feito no curso curricular, que além dos próprios materiais, também utilizava o Ramalho e o Iezzi. Na turma ITA realizávamos o aprofundamento teórico necessário e resolvíamos exercícios, além de entregarmos uma redação por semana, que nos era entregue corrigida. Em casa eu tinha que estudar sozinho, e quando não estudava o Halliday ou o Atkins ou assistia videos aula, eu resolvía provas anteriores. Não mexi muito com peruanos, russos e Renato Brito pois meu tempo era limitado e o embasamento era bom e suficiente, porém recomendo esses livros para auto didatas. Em alguns momentos eu ficava afogado, porém sempre tinha um olho no meu sonho.
Outra coisa fundamental foi a organização. Criar um plano de metas focou muito mais meu trabalho e me motivou bastante. Além de metas intermediárias, a meta final era passar no ITA 2015. Eu colei esse plano na parede e toda vez que me sentia desmotivado, eu olhava para ele e lembrava porque eu estava me esforçando tanto. Também sempre tinha um horário organizado, mapeando os estudos. Por fim, sempre mantinha um arquivo com as coisas que eu aprendia.
E assim, progredindo cada vez mais nos estudos e nos simulados, mantendo rotina equilibrada, cabeça fria e mente em boas condições, eu conquistei o meu sonho.
 
  Bizus (dicas) importantes:
-Não se desanimem se fracassar em alguma meta, o vencedor não é quem falha, é quem falhou muitas vezes e nunca desistiu. Tenham em mente um plano de vida e os seus sonhos, para que lembrem nos momentos difíceis. Muitos tentarão desmotivá-los, mas vocês não podem dar ouvidos para isso.
-Se passarem em outra faculdade de engenharia e não no ITA, mas o ITA for seu sonho, não entrem na outra apenas por ser mais facil ou conveniente, eu estava preparado para tentar quantas vezes fosse necessário, e estudo focado rende bem mais.
-Coisas para treinar: redação, controle de tempo e psicológico. Fazem diferença. E muito.
 

 
Banner
Banner

Apoio

Banner

Pesquisa

Login

Facebook Futuro Militar

Facebook Rumo ao ITA